CONCEITO

Movimento

Concetualmente e entendendo o lote mais a área edificada como um todo opta-se por uma estratégia que dinamize a proposta, o movimento:

1. Subdividir longitudinalmente o lote em dois:
Volume Nascente
Volume Poente

O volume a Nascente mantem-se iMóvel. O volume a Poente é o Móvel.

2. Ascensão ao primeiro piso (aproximar-se da volumetria do edifício adjacente).

3. Projeção para sul (alinhamento com os limites das varandas permitindo fugas visuais do interior de cada apartamento para ambos os lados da via).

PLANTAS

Programa

Composto por um programa para três apartamentos, estacionamento interior e um contemplativo espaço exterior no logradouro.

Organização Espacial

Dentro dos apartamentos haverá uma clara separação entre espaço social e espaço privado. Os espaços sociais darão para a rua principal e os espaços privados para o logradouro, os elementos naturais e o silêncio. Sendo a área de construção reduzida, o cálculo para distribuição dos espaços dentro de cada apartamento será feita de forma meticulosa para minimizar espaços de circulação.

VOLUMETRIA

Tentativa de aproximação da altura do Edifício proposto às alturas das cérceas vizinhas. Existem duas escalas nos edifícios vizinhos:

1. A Nascente (direita) Um edifício de três pisos

2. A Poente (esquerda) Um edifício de seis pisos

A necessidade de criar um volume que equilibre esta desigualdade de alturas força o edifício proposto a ter que se dividir em dois assumindo diferentes materialidades e formas.

 

MATERIALIDADE

Ambos serão construídos em betão mas assumem-se com personalidades destintas: O volume da esquerda será construído com um betão branco de padrão simples. O volume da direita será construído em betão mais escuro incorporando um ritmo geométrico na fachada.

LOGRADOURO

Da separação do lote e consequente movimentação do volume poente resulta uma divisão e oscilação dos espaços destinados ao logradouro. O logradouro divide-se em três materialidades de forma a oferecer diferentes ambientes distintos:

1. Primavera – Espaço Verde. Composto por uma zona de relva, com três pequenas árvores (birch) com a função de ensombramento natural, servindo também como filtro visual ao edifício vizinho.

2. Outono – Espaço Castanho. Área de estar em deck de madeira para incorporar zona de estar e de convívio com mesas para picnic, espaço de relaxamento destinado a solário para cadeiras de praia e uma zona destinada a churrascos.

3. Inverno – Espaço Azul. Situado a Norte do lote localiza-se a piscina.

A combinação destes três espaços com diferentes materialidades e de estações distintas oferecerá um ambiente festivo no Verão.